Notícias

Teori vence mais uma para Dilma: contas de Cunha não receberão sigilo

Teori Zavascki. Foto: STJ

Que o ministro do STF que deu um golpe nas pretenções de impeachment por parte da oposição mantenha o padrão quando o alvo forem petistas.

Teori Zavascki segue trabalhando em um modo que parece querer beneficiar o PT a qualquer custo. Depois de derrubar o rito do impeachment definido pelo presidente da Câmara, agora o ministro do STF nega a Eduardo Cunha o pedido para que tramitasse em sigilo o inquérito que investiga se contas secretas atribuídas ao peemedebista receberam dinheiro do Petrolão. A notícia boa é que, quando o alvo forem petistas, ficará muito feio se o juiz optar por outro padrão e cobrir tudo de sigilo.

Foto: STJ

Leia também | Comissão da Câmara aprova repatriação de dinheiro sujo escondido em contas no exterior

Desta forma, Cunha fica ainda mais fragilizado no cargo e suscetível a novos ataques não só da base governista, mas da imprensa como um todo, que anda salivando com sua queda. Só hoje, Estadão e Globo fizeram editoriais defendendo a queda do presidente da Câmara. Comparam muito o caso ao corrido com Severino Cavalcanti uma década atrás. Mas esquecem que, nesse meio tempo, Renan Calheiros, também do PMDB, resistiu ao menos uma vez a pressão semelhante na presidência do Senado. O jogo segue indefinido.

Mais Lidas

To Top