Notícias

Tesoureiro do PT confessa ter ido ao escritório de Youssef

Na CPI, João Vaccari Neto acabou admitindo a ida ao escritório do doleiro. Depois remendou dizendo que não encontrou Youssef por lá

O depoimento de João Vaccari Neto, tesoureiro do PT, trouxe uma informação até então não admitida: a confissão de que realmente visitou o escritório do doleiro Alberto Youssef, preso em março de 2014 na primeira fase da Lava Jato.

Vaccari na CPI (foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados))

Vaccari na CPI (foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados))

Esta confirmação é altamente relevante pois Youssef, em sua delação premiada, informou ter encaminhado R$ 400 mil ao PT, entregues na sede nacional do partido em São Paulo. Vaccari nega o recebimento dessa propina mas não esclareceu qual motivo republicano o levou ao escritório de tão notório doleiro.

Mais Lidas

To Top