Notícias

Tesoureiro do PT é preso pela PF

João Vaccari Neto está a caminho de Curitiba para se juntar aos outros presos do Petrolão

JOAO-VACCARI-NETO-size-620Com informações da Veja.com:

A Polícia Federal prendeu nesta quarta-feira o tesoureiro nacional do PT, João Vaccari Neto, em São Paulo, na 12ª fase da Operação Lava Jato. Ele será levado para Curitiba (PR) por ordem do juiz federal Sérgio Moro.

Os agentes da PF também cumprem na capital paulista um mandado de busca e apreensão, um mandado de prisão temporária e um mandado de condução coercitiva. Todos os alvos serão levados para a Superintendência da PF em Curitiba (PR).

Vaccari foi apontado por delatores do petrolão, como o ex-gerente de Serviços da Petrobras Pedro Barusco, como um operador de propinas para o PT. Na semana passada, ele depôs da CPI da Petrobras e negou as acusações. Apesar disso, admitiu encontros com Barusco e com o diretor de Serviços da estatal Renato Duque, outro indicado do PT.

O tesoureiro petista também admitiu aos deputados na CPI que frequentou o escritório do doleiro Alberto Youssef, principal delator do petrolão.

A esposa de Vaccari também foi ouvida pela Polícia Federal nesta manhã. Ela é indicada por Alberto Youssef como receptora de um total de R$ 400 mil roubados pelo esquema do Petrolão.

Como visto na sessão da CPI na semana passada, João Vaccari Neto não parece ter estrutura psicológica para suportar a grande pressão que carrega nos ombros. Será que o tesoureiro vai colaborar com a Polícia Federal, finalmente falando quem era o grande chefe do esquema do Mensalão?

Mais Lidas

To Top