Notícias

Todos os 9 vereadores de um município mineiro foram presos por corrupção

No Brasil, a justiça até funciona quando o peixe a ser fisgado é pequeno.

O caso aconteceu no desconhecido município mineiro de Centralina, com apenas 10 mil habitantes, em Minas Gerais. As prisões preventivas vieram da operação Viagem Fantasma, encabeçada pelo GAECO de Uberlândia. Todos os nove vereadores da cidade, segundo os investigadores, falsificaram notas fiscais de viagens que jamais foram feitas.

O Ministério Público os acusa de associação criminosa, peculato, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. De acordo com a Folha, os suplentes assumirão assim que o recesso parlamentar for concluído, na semana que vem.

size_590_dinheiro

No Brasil, a justiça até funciona quando o peixe a ser fisgado é pequeno.

Notícias Recentes

To Top