Notícias

Um dia após Dirceu e Genoino perderem condecorações das Forças Armadas, Sérgio Moro leva uma

09.09.2015 - Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) realiza audiência pública interativa para instruir o PLS 402/2015, que altera o Código de Processo Penal, em relação aos recursos. Em pronunciamento, juiz federal, Sérgio Fernando Moro. Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado.

O juiz federal recebeu a condecoração máxima dada pelo Exército

Ontem, as Forças Armadas cassaram as condecorações de José Dirceu e José Genoino. O primeiro era grande-oficial da Aeronáutica. O segundo, comendador. Perderam a homenagem por causa do envolvimento no Mensalão, que levou ambos à cadeia.

Hoje, um dia depois, as Forças Armadas homenagearam ninguém menos do que Sérgio Moro. O juiz federal recebeu a Medalha do Pacificador, a condecoração máxima dada pelo Exército. Motivo? Os serviços relevantes prestados ao país pela Operação Lava-Jato.

É verdade que não recebeu só. Outros 300 foram agraciados. Em outros tempos, Lula os chamaria de “300 picaretas com anel de doutor“. Agora, ele só pode pedir socorro à ONU mesmo.

Mais Lidas

To Top