Notícias

Um dos maiores especialistas em Estado Islâmico no mundo concorda com as prisões do Brasil

Sem saber o que dizer sobre o tema, a esquerda brasileira vinha pregando que eram desnecessárias.

Com dois livros sobre o tema, Patrick Cockburn é um dos maiores especialistas em Estado Islâmico no mundo. E ele julgou razoável as 12 prisões da operação hashtag tocada pelo governo Temer. À Folha de S.Paulo, disse: “Considerando que muitos dos envolvidos nos ataques —particularmente os inspirados pelo EI, e não organizados pelo grupo— deixam como único rastro a simpatia pelo EI expressa pelo Facebook, acho razoável deter pessoas nessas circunstâncias“.

Perguntando se o Estado Islâmico seria capaz de mobilizar recrutas no Brasil, respondeu: “Sim, basta inspirar um único indivíduo fanático ou demente“.

 

Além de um necessário alerta à segurança nacional, os comentários são importantes para refutar o discurso esquerdista, que tentou vender a Operação Hashtag como uma farsa midiática para desviar a atenção de outros problemas do país. Não. Trata-se de um problema grave. E são as vidas de brasileiros em jogo.

Notícias Recentes

To Top