Notícias

Vaccari Neto é denunciado por lavagem de dinheiro e desvios milionários

A denúncia envolve o ex-tesoureiro do PT e também o ex-diretor da Petrobras Renato Duque, ligado a José Dirceu

JOAO-VACCARI-NETO-size-620O Ministério Público Federal (MPF) apresentou na tarde desta segunda-feira nova denúncia contra os envolvidos nos crimes investigados pela Lava Jato. Poderão responder por esta acusação o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, o ex-diretor da Petrobras Renato de Souza Duque e o empreiteiro Augusto Ribeiro de Mendonça Neto. Leiam trecho da reportagem da Revista Época:

O MPF acusa os três de lavagem de dinheiro ao desviar o total de R$ 2,4 milhões entre abril de 2010 e dezembro de 2013. “Uma parte da propina paga para Renato Duque, então diretor de Serviços da Petrobras, foi direcionada por empresas do grupo Setal Óleo e Gás, controlado por Augusto Mendonça, para a Editora Gráfica Atitude Ltda., a pedido de João Vaccari Neto, então tesoureiro do Partido dos Trabalhadores (PT)”, diz o MPF, em nota. Segundo a denúncia, a gráfica emitiu notas frias para lavar o dinheiro e nunca prestou os serviços.

A Justiça ainda precisa aceitar a denúncia do MPF para que os três acusados se tornem réus. Se julgados e condenados, os três podem pegar até dez anos de prisão. O MPF também pede a restituição de R$ 2,4 milhões e o pagamento de R$ 4,8 milhões em multas.

Notícias Recentes

To Top