Notícias

Waldir Maranhão ainda reside em imóvel que jurou à Justiça ter vendido para bancar campanha

Jornal visitou o endereço e o carro do presidente da Câmara ainda estava lá.

Mesmo com apenas R$ 16,5 mil declarados, Waldir Maranhão doou do próprio bolso a quantia de R$ 557,6 mil para a campanha que o fez deputado federal em 2010. Como explicar o paradoxo? O hoje presidente da Câmara jurou à Justiça Eleitoral que vendeu uma casa no valor de R$ 550 mil. O problema é que O Globo visitou a residência no número 370 da Alameda Campinas, em Olho D’Água, Maranhão, e descobriu que o maranhense ainda residente no endereço mesmo seis anos depois.

Quem teria comprado o imóvel? João Martins Araújo Filho, um aliado que muito favor deve ao deputado federal.

Por se tratar de um fato ligado ao mandato anterior, o trabalho da Justiça para pegar Maranhão fica bem mais complicado. Mas o presidente da Câmara se tornou um problema para o governo Temer pela mera inaptidão para tocar as reformas necessárias. Não será estranho se mesmo denúncias tão frágeis conseguirem derrubar o pepista.

To Top