Ponto de Vista

Haddad disse que devolveu as contas em dia, mas a gestão Doria achou rombo de R$ 7,5 bilhões

A gestão anterior teria superdimensionado as receitas, e subdimensionado as despesas

Quando deixou o cargo, Fernando Haddad fez um certo barulho na imprensa dizendo que devolvia as contas da prefeitura de São Paulo não só em dia, mas com um caixa de R$ 6 bilhões. A notícia foi reverberada em vários sites esquerdistas, que finalmente encontraram algo para celebrar após a derrota em primeiro turno.

Contudo, ao passar a limpo as contas da prefeitura, Caio Megale encontrou um rombo de R$ 7,5 bilhões. O secretário da Fazenda de João Doria disse que despesas foram subdimensionadas, e superestimaram as receitas, tornando necessário um apertar de cintos para cumprir o orçamento fechado ainda na gestão Haddad.

A notícia lembra muito a “contabilidade criativa” tocada na gestão Dilma e que findaria afundando a credibilidade e a economia brasileira.

Sorte do paulistano que já começou a resolver essa problema ainda nas urnas de 2016.

Fonte: Folha de S.Paulo

To Top