Internacionais

Se os países europeus fossem estados americanos, seriam os mais pobres dos Estados Unidos

Com o melhor PIB per capita da Europa, a Alemanha seria apenas o 38º estado dos EUA

A esquerda americana está com um discurso bobo e burro, para usar termos que não choquem nas primeiras horas da manhã. Qual? O de que os Estados Unidos devem se inspirar na política da social democracia europeia. Em artigo sobre o tema, o Foundation for Economic Education mostrou como não faz sentido levar essa ideia adiante. Por um motivo simples: mesmo os países mais ricos da Europa são mais pobres que dois terços dos estados americanos.

Para entender o raciocínio, usa-se o PIB per capita, aquele que divide as riquezas de um país por sua população. Mesmo a Alemanha, dona dos melhores resultados europeus, possui um PIB per capita menor que o do Missouri, o 38º de 50 estados americanos. O Reino Unido seria 47º estado. E nações como Itália e Espanha ficariam abaixo do Mississippi, proporcionalmente, o mais pobre dos Estados Unidos.

Com se vê na tabela acima, nem o Japão, lá no pacífico, ficaria bem na fita, com uma 49ª posição.

Sim, o modelo a ser seguido é o da liberdade americana, e não o da democracia-social europeia.

 

Fonte: FEE

To Top