Notícias

Foto que Leonardo Boff atribuiu ao governo Temer corre as redes sociais ao menos desde 2013

Mesmo alertado do erro, Boff manteve o equívoco publicado, e sem qualquer retratação

Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Em seu perfil no Twitter, Leonardo Boff se apresenta como “teólogo e escritor membro da Iniciativa Internacional da Carta da Terra“. Para a opinião pública, no entanto, interessa mais que ele pertence ao time de “intelectuais” que utiliza a própria voz para defender ideais de esquerda. Claro, não há nada de errado nisso, é direito dele. Mas, até por ter um grande alcance – são 180 mil seguidores apenas no microblog –, deveria ter mais cuidado com as informações que compartilha.

Neste 27 de julho de 2017, o ativista publicou na rede social que “a nova política social de Temer começa a produzir cenas como essa, de doer o coração“. Clicando na imagem abaixo, é possível conferir a postagem original:

Mas, como alertaram alguns usuários do Twitter, a fotografia dos garotos abraçados corre a rede social pelo menos desde 2013:

O usuário que a publicou não detalha a origem da mesma. Mas, pela legenda em árabe, presume-se que não se trata de uma fotografia capturada no Brasil, quanto mais durante o governo Temer.

Alertado por um seguidor, Boff insistiu no erro. E ainda terceirizou a responsabilidade por qualquer checagem.

A gestão de Michel Temer não vem se mostrando digna de qualquer nível de defesa. Mas a verdade sempre merece ser defendida. O Governo Federal tem que ser criticado em tudo aquilo que erra. Contudo, forjar realidades para levar adiante narrativas próprias não é algo que deveria ser tolerado no Brasil.

Até o momento da redação destes texto, e a despeito de todos os alertas, a postagem continua no ar.

Fonte: Twitter

Notícias Recentes

To Top