Notícias

Acusado de roubar dinheiro do Senado, Renan diz que fará uma gestão transparente

Senador diz que trabalhará para “robustecer o Congresso”

atos-secretos-2009-20080807-10-size-598

Informação do jornal Folha de São Paulo:

Em entrevista, Renan afirmou que “não haverá espaço para a dúvida” durante a sua gestão, que vai trabalhar para “robustecer o Congresso” e que criará “barreira jurídica contra qualquer iniciativa com pretensões de restringir a liberdade de informação”.

Em 2007, o senador renunciou à presidência do Senado após ser acusado de ter despesas pessoais pagas por lobista de uma construtora.

O senador disse que não se sente desconfortável em presidir a Casa mesmo tendo sido denunciado na semana passada por ter apresentado notas fiscais frias para justificar seu patrimônio no escândalo de 2007.

(…)

O senador disse que irá tratar o Executivo com independência. E prometeu colocar em votação os vetos presidenciais a projetos aprovados pelo Congresso, demanda que não interessa ao Executivo.

“O fato de integrar um partido da base de apoio não autoriza o raciocínio da submissão”, disse, em respostas enviadas por escrito.

(…)

Ontem o ex-ministro José Dirceu (PT) saiu em defesa do Renan afirmando que ele tem sido vítima de “falso moralismo” patrocinado por imprensa e Ministério Público.

“O que estamos assistindo em relação ao senador Renan é, de novo, uma ofensiva midiática dando cobertura a denúncias contra ele concertadas com ações do Ministério Público Federal”, afirmou o petista, condenado no julgamento do mensalão a 10 anos e 10 meses de prisão.

(grifos nossos)

Leia a íntegra aqui.

Mais Lidas

To Top