Implicante

/ Notícias

31 de maio de 2011

Brasileiro chega à marca de R$ 600 bi pagos em impostos

white 15 Brasileiro chega à marca de R$ 600 bi pagos em impostosKindle

impostoderendablog Brasileiro chega à marca de R$ 600 bi pagos em impostos

O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo atinge nesta terça-feira o valor de R$ 600 bilhões arrecadados em impostos pelo governo neste ano. A marca foi “conquistada” com 33 dias de antecedência em relação a 2010. Matéria da Veja Online:

Por volta do meio-dia desta terça-feira, os brasileiros terão pago 600 bilhões de reais em impostos desde o início do ano. O valor é registrado pelo Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), que soma os tributos federais, estaduais e municipais pagos no país desde o dia 1º de janeiro.

A marca dos 600 bilhões de reais será atingida com 33 dias de antecedência em relação ao ano passado. Em 2009, esse total foi registrado apenas em 28 de julho e, em 2008, em 29 de julho.

Somente no estado de São Paulo, os consumidores pagaram mais de 49 bilhões de reais em impostos desde janeiro. No Rio de Janeiro, quase 13 bilhões de reais saíram do bolso do cidadão para os cofres públicos. Os brasileiros podem acompanhar a arrecadação registrada pelo Impostômetro pela internet. O sistema foi inaugurado em abril de 2005.

Arrecadação federal – Em 2010, o valor coletado em impostos e contribuições pela União totalizou 826,065 bilhões de reais, em números corrigidos pelo IPCA. O montante é 9,85 % maior do que o de um ano antes.

O volume levantando com cobrança de IPI somou 29,37 bilhões de reais em 2010, aumento anual de 22,16%. Já o recolhimento de Cofins-Pis/Pasep totalizou 184,7 bilhões de reais, cifra 14,7% maior. Já o IOF somou arrecadação de 27,27 bilhões de reais no período, com crescimento de 31,6%. O Imposto sobre Importação, somado ao IPI vinculado, somou 33,2 bilhões de reais, valor 25,89% superior ao de 2009.

O Imposto de Renda cobrado das pessoas físicas totalizou 17,68 bilhões, com alta de 10,6%. Enquanto isso, o IR cobrado de pessoa jurídica, somado à Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL), recuou 0,14%, para 138,7 bilhões de reais. Por fim, a Cide, cobrada sobre os combustíveis, arrecadou 7,9 bilhões em 2010, com alta de 53,5%.

 

compartilhe

Tópicos

Publicidade

Enquete

Quem você acha que Lula indicaria hoje para o STF?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
Publicidade