Implicante

/ Notícias

18 de junho de 2011

Campinas: Lula e Dirceu defendem os acusados de corrupção

white 15 Campinas: Lula e Dirceu defendem os acusados de corrupçãoKindle

90823VejadilmaLulaDirceuRicardoStuckertPR Campinas: Lula e Dirceu defendem os acusados de corrupção

Apenas um dia após a publicação da entrevista do prefeito de Campinas, Dr. Hélio (PDT), ao Estadão, onde ele afirma que Lula, Dilma e Zé Dirceu “estão com ele”, dois dos citados expressaram apoio ao companheiro acusado de fazer parte de esquema de corrupção na prefeitura. O ex-presidente e o ex-ministro falaram em evento para petistas em Sumaré (SP). Notícia da Folha Online:

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aproveitou plateia de petistas para sair em defesa do prefeito de Campinas, Doutor Hélio (PDT), durante evento em Sumaré (SP), na manhã deste sábado (18).

A mulher do político, Rosely Nassim, e o vice-prefeito Demétrio Vilagra, que é do PT, são acusados pelo Ministério Público de Campinas de fraude e desvio de verbas da prefeitura.

“Não vamos esquecer: em 1989, tentaram colocar uma camisa do PT num dos sequestradores do Abílio Diniz. Não vamos esquecer: o vice de Campinas estava de férias com a mulher quando estamparam cartazes de procurado no aeroporto”, afirmou Lula.

O ex-presidente sugere que as acusações são de interesse dos opositores do partido.

“Os adversários não brincam em serviço. Toda vez que o PT se fortalece, eles saem achincalhando o partido”, disse Lula.

Prosseguiu em tom de desabafo: “Estou de saco cheio de ver companheiros serem acusados, terem a família destruída, e depois não ter prova [contra eles]“.

DIRCEU

O ex-ministro José Dirceu também citou o prefeito de Campinas em seu discurso, durante o encontro das macrorregiões do PT.

Segundo ele, começou um movimento para “desestabilizar as nossas prefeituras”. O ex-ministro da Casa Civil afirmou que as investigações contra o vice e a mulher de Doutor Hélio estão sendo usadas politicamente.

“Eu não deveria assumir esse papel, vocês sabem da minha condição”, disse, referindo-se ao afastamento do cargo de ministro da Casa Civil, em 2005, após o escândalo do mensalão.

“Mas quando fizeram o que fizeram comigo, Doutor Hélio teve a coragem de me defender publicamente”, justificou Dirceu.

No blog

Dirceu também publicou texto em seu blog defendendo o prefeito de Campinas e acusando o Ministério Público e vereadores tucanos de “uso político” das investigações, segundo informa outra nota da Folha Online:

O ex-ministro José Dirceu (PT) atacou nesta sexta-feira as investigações contra a Prefeitura de Campinas que apura suspeitas sobre um esquema de fraude em licitações envolvendo a Sanasa (empresa mista de tratamento de água e esgoto da cidade).

Dirceu afirmou em seu blog que a operação, que chegou a prender 22 suspeitos preventivamente, é “mais um exemplo de uso político de investigações do Ministério Público de São Paulo, de objetivos eleitorais e ação política travestidos de luta pela ética”.

O petista defendeu o prefeito de Campinas, Hélio de Oliveira Santos, o dr. Hélio (PDT), que não é mencionado nas investigações do Ministério Público, mas é alvo de uma comissão processante na Câmara dos Vereadores.

Dirceu citou a entrevista concedida pelo prefeito ao jornal “O Estado de S. Paulo”, em que dr. Hélio se defende das acusações da oposição e afirma que “essa comissão processante tem um intuito motivacional político”.

Dr. Hélio teve o seu afastamento, durante as investigações votado na Câmara na última quarta-feira (15), mas a medida só conseguiu 16 dos 22 votos necessários para aprovar o pedido. Para Dirceu, esse é “um caso exemplar de abuso de autoridade, de prisões preventivas desnecessárias e ilegais, de coação, de ameaças e chantagens políticas por parte de vereadores ligados ao governo tucano de São Paulo”.

Ele afirmou ainda que, “o pior de tudo, [é] mais um caso de encobrimento de denúncias contra o PSDB e de envolvimento do PT sem provas e evidências”. Em 28 de maio, a promotoria iniciou uma investigação paralela para apurar se um empresário amigo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estava envolvido no esquema.

As investigações do Ministério Público apontaram como mandante da quadrilha a ex-chefe de gabinete da prefeitura, Rosely Nassim Santos. Ela é a primeira-dama de Campinas e foi defendida publicamente por dr. Hélio mais de uma vez, em seu perfil no Twitter.

Comentário

Aguardamos agora a manifestação de Dilma apoiando Dr. Hélio.

compartilhe

Tópicos , ,

Publicidade
Publicidade