Notícias

Casual Day: Suplicy discursa no Senado com chapéu de Robin Hood

Reportagem da Folha de S. Paulo:

O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) vestiu um chapéu de “Robin Hood” hoje, no plenário do Senado, para defender a criação de uma taxa sobre as transações financeiras internacionais.

A taxa, que tem como apelido o nome do herói que distribuía riquezas para dividi-las entre os pobres, teria o objetivo de reunir recursos para um fundo internacional de combate à fome.

Suplicy já havia feito o gesto durante manifestação no centro do Rio, realizada ontem. Na ocasião, o senador também cantou a música “Blowin’ in the wind”, de Bob Dylan. No plenário do Senado, optou apenas por colocar o chapéu e defender o seu projeto de renda básica de cidadania.

Segundo o senador, a taxação das transações financeiras internacionais poderia viabilizar a criação do sistema de renda básica em todo o mundo.

“Com isso em prática, todos vão receber uma renda básica de cidadania. Se o Robin Hood tivesse conhecido essa proposta, ele a teria defendido”, afirmou.

Além do chapéu, Suplicy carregou nas mãos uma camiseta verde com o slogan da campanha em defesa da criação da taxa: “Taxa Robin Hood, por um mundo sustentável”.

(grifos nossos)

Comentário

Robin Hood ou Peter Pan?

Notícias Recentes

To Top