Notícias

Com Haddad, foram mais de 100 incêndios só em 2016, mas não viram “especulação imobiliária”

20.03.2013 - Fernando Haddad (PT-SP), prefeito de São Paulo, concedendo entrevista após reunião sobre pacto federativo com prefeitos e líderes estaduais e municipais em 20 de março de 2013. Foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados.

Com Doria, bastaram 2 incêndios em Paraisópolis para a esquerda voltar com as teorias conspiratórias

Era ainda 27 de julho de 2016 quando São Paulo registrou o centésimo incêndio em favelas da cidade. O levantamento, na época, foi feito pelo próprio corpo de bombeiros. Mas, ainda na gestão Haddad, a esquerda em nenhum momento acusou a cidade de estar vivendo uma onda de incêndios criminosos visando a uma especulação imobiliária.

Agora em 2017, já sob so cuidados de Doria, bastaram dois incêndios em Paraisópolis para Guilherme Boulos, líder do MTST – aquela organização que adora fazer terrorismo queimando pneu nas ruas da cidade – trazer a teoria conspiratória da “especulação imobiliária” de volta.

A esquerda hoje vive de apostar na falta de memória do cidadão brasileiro. Mas esquece que o Brasil mudou bastante desde o tempo em que davam as cartas na política nacional.

Fonte: G1

Notícias Recentes

To Top