Notícias

Com larga folga, o Brasil findou 2016 com o pior PIB do G20

Dentre as 20 maiores economias no mundo, só a brasileira passou o último semestre em acentuada queda

O gráfico acima foi preparado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico. Compara os PIBs dos países que compõem as vinte maiores economias do mundo, sempre confrontando os resultados dos quartos e terceiros trimestres de 2016. Por ele, é possível observar a disputa entre China e India como nações que mais crescem, a incrível recuperação da Austrália, que vinha de um resultado ruim, e a sensação geral de que foi um fim de ano tranquilo, com crescimento variando entre 0,5% e 1,5% na segunda metade.

Mas…

Há uma coisa muito feia acontecendo ali no final, na vigésima posição, no fundão da zona de rebaixamento, com aquela sensação de que já não há chances de manter-se na série A. O nome dessa coisa é Brazil, ou “Brasil” para os íntimos. São duas quedas consideráveis para período tão curto: 0,7% e 0,9%, o que faz do país o pior resultado do G20 – com larga folga.

Sim, ainda é herança maldita do governo Dilma, mas já são números da política econômica de Temer. Está mais do que na hora de este governo apresentar resultados.

Fonte: OECD

To Top