Implicante

/ Notícias

25 de setembro de 2012

Delúbio diz que possível prisão será uma “missão partidária”

white 15 Delúbio diz que possível prisão será uma missão partidáriaKindle

Reportagem de Andreza Matais para o jornal Folha de São Paulo:

Tesoureiro do PT à época do mensalão, Delúbio Soares confidenciou a quem conversa sobre o julgamento que, se punido, enfrentará a prisão como uma missão partidária.

655721 delubioINjpg e1348554269532 351x338 Delúbio diz que possível prisão será uma missão partidária

Réu por corrupção ativa e formação de quadrilha, ele indica que manterá silêncio. “Não vamos falar sobre esse assunto e nenhum outro”, disse Monica Valente, mulher de Delúbio, que é membro do diretório nacional do PT.

(…)

Especulações de que as relações com o ex-ministro José Dirceu estariam estremecidas são rebatidas por interlocutores. “O Zé [Dirceu] nunca tocou no nome do Delúbio”, disse o deputado distrital Chico Vigilante (PT-DF).

A avaliação dos interlocutores de Delúbio é a de que para alguns estrategistas ligados a Dirceu interessa plantar a intriga para afastar a tese de que agiam em conjunto. Nesse grupo, Delúbio é qualificado como um “deslumbrado” que meteu os pés pelas mãos na tesouraria.

(…)

Na capital paulista, Delúbio mora num apartamento de três quartos na Consolação, em nome de uma parente da mulher, e aproveita a rede de contatos para tentar manter influência política.

No início do ano, procurou um diretor do Banco do Brasil para pedir que um executivo do banco participasse de um evento em Goiás sobre investimento rural. O BB mandou um representante.

Em Buriti Alegre (GO), sua base política, ele apoia um candidato do PTB.

Íntegra aqui.

compartilhe

Tópicos , ,

2 Comentários

  1. Adriana25 de setembro de 2012 às 19:58

    Só para defender o PT e Lula, o CHEFE DO MENSALÃO. Se autodestruiu.

  2. danir25 de setembro de 2012 às 13:35

    Que seja uma missão bem longa. Ele e o partido merecem

Publicidade
Publicidade