Notícias

Cunha contraria versão de Joesley e fala em encontro com Lula sobre o impeachment de Dilma

Resta saber a verdade dos fatos.

Na entrevista concedida à revista Época desta semana, o dono da JBS/Friboi, Joesley Batista, afirmou que só se encontrou com Lula em duas ocasiões: uma em 2006 e outra em 2013. Porém, o ex-deputado Eduardo Cunha, atualmente preso na Lava Jato, contestou essa versão.

Segue trecho da nota emitida por Cunha:

“Ele [Joesley] fala que só encontrou o ex-presidente Lula por duas vezes, em 2006 e 2013. Mentira! Ele apenas se esqueceu que promoveu um encontro que durou horas, no dia 26 de março de 2016, Sábado de Aleluia, na sua residência […] entre eu, ele e Lula, a pedido de Lula, a fim de discutir o processo de impeachment […] onde pude constatar a relação entre eles e os constantes encontros que eles mantinham”

Pode ser um blefe? Sempre. Mas seria ARRISCADÍSSIMO simplesmente inventar um fato. Resta saber se há algum registro dessa reunião e, em caso positivo, a coisa fica ainda pior. Sim, Cunha tem seus interesses, mas Joesley também os tem. Se os fatos já devem sempre prevalecer sobre as versões, nesse tipo de caso tal imperativo é ainda mais contundente.

Em tempo: mais cedo, a Folha de SP divulgou contradições na entrevista, por parte do dono da JBS.

Fonte: Folha de SP

Mais Lidas

To Top