Notícias

Governo da Rússia quer que Testemunhas de Jeová sejam consideradas “organização extremista”

Governo diz que violam as leis.

Foto: Alexander Aksakov / The Washington Post / Getty Images

O Ministério da Justiça da Rússia pediu na Suprema Corte do país que a denominação cristã Testemunhas de Jeová passe a ser considerada uma organização extremista. E a decisão pode sair ainda hoje (até o momento da redação deste post, não havia saído).

Trata-se, é claro, de um exagero do governo de Vladimir Putin. Afinal, por mais que se discorde de um grupo, é preciso ter consciência do que é e do que não é “extremismo”.

Testemunhas de Jeová não explodem bombas, não ameaçam infiéis com a morte, enfim, não praticam os atos próprios dos grupos desse gênero.

Quem perde com isso é a liberdade religiosa, parte fundamental de qualquer democracia. Perde, no fim das contas, o povo russo.

Fonte: Veja

Notícias Recentes

To Top