Notícias

Greve no Itamaraty já conta com 91 embaixadas e consulados

Matéria de O Globo:

BRASÍLIA – Desde segunda-feira, dia 18, servidores do Ministério das Relações Exteriores (MRE) estão em greve, pedindo recomposição salarial de 25 anos e equiparação dos salários com outros de carreiras correlatas. Segundo o sindicado dos funcionários, o SindItamaraty, até esta quinta-feira 91 embaixadas e consulados brasileiros no mundo já aderiram à paralisação, inclusive as que estão sediadas nas principais capitais mundiais, como Moscou, Londres, Paris, Buenos Aires, Nova York, Washington, Cairo, Teerã e Tóquio.

A greve foi definida por tempo indeterminado. A principal reivindicação dos servidores é a incorporação dos adicionais ao salário e a garantia de vencimentos na aposentadoria para as carreiras de Assistente e de Oficial de Chancelaria.

“O objetivo é elevar a remuneração de assistentes de chancelaria ao nível da remuneração dos agentes técnicos de inteligência da Abin e a de oficiais de chancelaria ao mesmo patamar dos vencimentos dos oficiais técnicos de inteligência da Abin. Além disso, elevar o salário inicial dos diplomatas para o grau mais elevado das carreiras típicas de Estado”, afirma o sindicato.

Hoje, um Assistente de Chancelaria ingressa na carreira ganhando R$ 2.915,10, ao passo que o Agente Técnico de Inteligência da Abin recebe R$ 4.422,62 ao ingressar. Já o Oficial de Chancelaria tem salário inicial de R$ 6.299,13, e o Oficial Técnico de Inteligência, R$ R$ 11.941,08.

(grifos nossos)

Notícias Recentes

To Top