Implicante

/ Notícias

16 de março de 2012

Haddad ajudou a criar taxas da gestão Marta. Mas agora promete acabar com a do Kassab… usando dinheiro do governo estadual

white 15 Haddad ajudou a criar taxas da gestão Marta. Mas agora promete acabar com a do Kassab... usando dinheiro do governo estadualKindle

marta haddad20110812 size 598 550x309 Haddad ajudou a criar taxas da gestão Marta. Mas agora promete acabar com a do Kassab... usando dinheiro do governo estadual

O ex-ministro Fernando Haddad, candidato petista à prefeitura de São Paulo, foi chefe de gabinete do secretário de Finanças durante a gestão de Marta Suplicy, e trabalhou ativamente para a criação das famosas taxas do lixo e iluminação que renderam o apelido de Martaxa à ex-prefeita. Leiam trecho de notícia da Folha de S. Paulo (íntegra para assinantes), voltamos em seguida:

O pré-candidato Fernando Haddad (PT), que prometeu abolir a taxa de inspeção veicular em São Paulo, ajudou a criar as taxas do lixo e de iluminação na gestão da ex-prefeita Marta Suplicy (2001-04). Na época, ele também foi escalado para convencer os vereadores a aprovar os tributos, que levaram a oposição a apelidar a ex-prefeita Marta Suplicy de “Martaxa” e contribuíram para suas derrotas nas últimas eleições municipais.

Mestre em economia pela USP, Haddad participou da formulação da reforma tributária da gestão petista, aprovada no fim de 2002. Era chefe de gabinete do então secretário de Finanças, João Sayad. Ao defender a criação dos tributos de Marta, o atual pré-candidato sustentava que “cobrar uma taxa por um serviço efetivamente prestado” era “socialmente correto e justo” por onerar apenas os usuários desse serviço, e não todos os contribuintes.

“É muito melhor (…) introduzir as taxas em correspondência com o serviço prestado do que ir em outra direção”, disse em 2002, segundo transcrição de audiência nos arquivos da Câmara. A decisão atual de prometer o fim da taxa de inspeção veicular foi tomada em reunião do comando da pré-campanha de Haddad com o publicitário João Santana, que fará sua propaganda eleitoral.

(…)

IPVA

Haddad tem afirmado que pretende custear parte do valor que o município deixaria de arrecadar com o fim da taxa de inspeção veicular com recursos do… IPVA, que é de competência estadual. Notícia do Valor Econômico:

(…)

O pré-candidato petista defendeu a manutenção da inspeção veicular, mas disse que a taxa anual de R$ 44,36 será extinta em 2013, se vencer a disputa eleitoral. “Com o orçamento atual da prefeitura, penso que essa taxa é dispensável”, declarou ontem, reforçando que a prefeitura “triplicou” sua arrecadação nos últimos anos.

Haddad propôs que a inspeção veicular seja custeada com recursos do IPVA e criticou o valor atual da taxa. “Há incompatibilidade entre o que é pago [para a inspeção veicular] e o que um médico ganha no SUS por uma consulta médica”, comparou o pré-candidato, depois de participar de um seminário na Assembleia Legislativa do Estado.. “Não tem cabimento. É desproporcional ao serviço”, completou o petista. Haddad reclamou também da alíquota do IPVA, estabelecida pelo governo do Estado, e disse que o imposto em São Paulo é “um dos mais caros do país”.

compartilhe

Tópicos , ,

1 Comentário

  1. Thiago17 de março de 2012 às 02:35

    Vejo uma coleção grande de pérolas desse Sr. durante a campanha…

Publicidade
Publicidade