Notícias

João Vaccari, ex-tesoureiro do PT preso na Lava Jato, também estaria sondando sobre delação

A informação é de Josias de Souza, em seu blog no UOL.

Foto: Geraldo Bubniak / AGB

Ao tratar do depoimento de Lula a Sergio Moro, na Lava Jato, o colunista Josias de Souza disse o seguinte:

“O ex-tesoureiro Vaccari está preso. Já sondou a força-tarefa da Lava Jato sobre a hipótese de tornar-se um delator. Mas ainda não abriu o bico. Nos encontros partidários, ainda é aclamado como “herói do povo brasileiro.” Outro petista preso, Renato Duque, já moveu os lábios mesmo sem ter assinado um acordo de colaboração. Contou a Moro que Lula o chamou para conversar, em 2014. Foi levado à presença do “nine”, como o “chefe” era chamado, por Vaccari. Falaram sobre corrupção e contas secretas na Suíça. Lula orientou-o a apagar os rastros. Indagado por Moro, Lula viu-se compelido a admitir o encontro. ”Tive uma vez no aeroporto de Congonhas, se não me falha a memória, porque tinha vários boatos no jornal de corrupção e de contas no exterior. Eu pedi para o Vaccari, que eu não tinha amizade com o Duque, trazer o Duque para conversar.'”

Pois é. A delação de Antonio Palocci foi anunciada quase que como algo concreto, depois houve recuo, mas parece a ideia segue possível. Se João Vaccari delatar de fato pensa nisso, é porque a hipótese da outra delação não é tão fraca assim.

Mais ainda: será que o desempenho de Lula, ontem, não influenciaria também nisso? Enfim, aguardemos.

Fonte: UOL - Blog do Josias de Souza

Notícias Recentes

To Top