Notícias

Justiça aceita recurso de Levy Fidélix e cancela indenização por comentários sobre gays

Segundo a decisão de segunda instância, o episódio se deu na esfera da liberdade de expressão.

Imagem: TV Record

Então candidato à Presidência, Levy Fidélix, notório defensor do Aerotrem e outras soluções urbanas, se viu em meio a uma polêmica pesada. De um lado, muitos defenderam que fosse punido pela fala; de outro, a ideia de que a liberdade de expressão também abarca esse tipo de caso.

Em um debate, respondendo à candidata Luciana Genro, ele disse:

“Tenho 62 anos e, pelo que vi na vida, dois iguais não fazem filho. E digo mais: me desculpe, mas aparelho excretor não reproduz. É feio dizer isso mas não podemos jamais deixar esses que aí estão achacando a gente no dia a dia, querendo escorar essa minoria à maioria do povo brasileiro”

E emendou:

“E o mais importante é que esses, que têm esses problemas, realmente sejam atendidos no plano psicológico e afetivo mas bem longe da gente, bem longe mesmo por aqui não dá”

Ele foi condenado em primeira instância ao pagamento de indenização no total de R$ 1 milhão. Agora, a pena foi revogada, mas cabe recurso.

Fonte: G1

Mais Lidas

To Top