Notícias

Lava Jato: enquanto muitos apostam no confronto, Sergio Moro mais uma vez acalma os ânimos

Ele está correto.

Há alguns dias, o juiz da Lava Jato divulgou vídeo pedindo para que manifestantes em favor da operação não fizessem atos em Curitiba, no dia do depoimento de Lula (seria na quarta feira, 10/05, mas é provável que seja adiado).

E agora, mais uma vez, Sergio Moro atua para apaziguar ânimos e evitar clima de confronto. Segue trechos do que disse, conforme publicado na Folha de SP:

“O processo não é uma guerra. O processo não é uma batalha, o processo não é uma arena. Em realidade as partes do processo são a acusação e a defesa. Não o juiz. O juiz não é parte no processo (…) Me preocupa um pouco esse clima de confronto, essa elevada expectativa em relação a algo que pode ser extremamente banal. E diga-se: nada de conclusivo vai sair nessa data” (grifamos)

Ele está correto. A estratégia de um dos lados é tratar Moro como adversário, para depois questionar eventual decisão condenatória. Truque velho, aliás. Mas fica claro quem busca o confronto e quem atua de forma mais branda.

Fonte: Folha de SP

Mais Lidas

To Top