arrow12 Comentários
  1. francisco ramos
    jul 27 - 12:51

    Sou médico e, mais uma vez, o corporativismo dos meus colegas é vergonhoso. Eles não estão preocupados com po
    líticas de saúde, mas sim com política partidária..O programa do governo de prover assistência a milhares e mi
    lhares de brasileiros em áreas remotas do país não está per
    feito ? As entidades de classe têm a obrigação de discutir
    com o governo, seja ele qual for, no sentido de implemen
    tar as melhorias que a classe considera corretas.. Agora, re
    comendar que nós médicos nos inscrevamos como empre
    gadas domésticas, além de revelar indigência mental, nada
    acrescenta e é bastante paradigmática a faixa que ví numa
    das manifestações:QUEM GOSTA DE POBRE É INTELEC-
    TUAL, MÉDICO GOSTA É DE DINHEIRO.! E nossos com
    patriotas, “exilados” nos rincões deste país de extensão con
    tinental, que se danem !

  2. Nelson
    jul 21 - 19:50

    Em administração petista isso não é novidade. Eu e outros colegas, contratados CLT na década de 70 por uma fundação pública fomos sistematicamente demitidos quando entrou a administração petista na cidade. Isso devendo até 10 (dez) anos de FGTS, multas recisórias etc. Estamos acreditando na Justiça Trabalhista, que tem se mostrado lerda demais. Eu e outros somos a prova viva de que o PT NÃO RESPEITA as leis trabalhistas é a verdade!

  3. alexandre
    jul 20 - 06:51

    Os caras vão ganhar R$ 10 mil e ainda estão reclamando ???

  4. Catunda
    jul 19 - 10:36

    Não sou da classe medica. Porisso pergunto a quem souber: este programa é um estagio? Substitui a residência medica? A residência medica paga os adicionais trabalhistas (FGTS, 13o, etc)?

    • Roberto
      jul 20 - 00:40

      Catunda, não substitui a residência. Durante a residência o médico recebe apenas uma bolsa de estudos, que até esses dias estava em torno de 1700 reais com os descontos. Ou seja, as residências são em média 4 anos… algumas mais, logo, o médico trabalha por esse valor durante todo o período, e o pior é que na residência tem médico que entra no hospital as 4-5 da manhã e saí as 21-22 horas!! Não sou médico… mas tenho amigos que são, vejo o quanto eles trabalham!

  5. Mulholland
    jul 18 - 21:04

    Como já comentei noutros posts, o Brasil está fazendo dumping contrário com o serviço de saúde: terceirizando para médicos baratos. É contrário porque trouxe os trabalhadores explorados para cá, em vez de levar os hospitais para a China.

    Quando é o Partido dos Trabalhadores que vai contratar e pagar salário, tem que flexibilizar a CLT. Quando uma federação de indústrias propõe algo parecido, são os petistas os primeiros a serem contra.

    Queria saber o que a CUT tem para dizer sobre isso, mas eles devem ter feito um pacto para não falar da Dilma.

    • Denise
      jul 19 - 16:29

      Não poderia concordar mais….

  6. Maria Elsabeth
    jul 18 - 20:03

    Este governo esta cada vez pior.Tenho vergonha de ser uma Medica brasileira ,excluída, massacrada pelo Sus ,planos de saúde e agora pela Dilma e seus comparsas.Tenho saudades da minha infância quando este Brasil era comandado pelos Militares

  7. Jorge
    jul 18 - 18:07

    Nada como se vestir na pele do outro. O partido que sempre lutou por direitos dos trabalhadores ( pros outros pagarem ) agora que são eles (governo) a pagar negam os direitos que tanto sabem cobrar aos outros.

  8. Jorge
    jul 18 - 17:05

    Este programa está dirigido aos médicos cubanos. Ora vejam; um médico em Cuba ganha 200 dólares por mês. Vem pro Brasil e ganha o equivalente a 4.000 dólares, é obrigado a enviar metade ao governo dos irmãos Castro e ainda assim fica com 2.000 o que é 10 vezes mais do que ganha lá ficando assim super satisfeito. Os médicos europeus receberiam o equivalente a 3.500 euros o que representa para eles o mesmo que fazer apenas 4 plantões no mês. Algum europeu vem pra ganhar essa montanha de dinheiro?

  9. PAULO FREIRE
    jul 18 - 11:52

    Como médico atuante, recomendo aos colegas se inscreverem como empregados domésticos, pois assim tem direitos trabalhistas garantidos por Lei, férias, 13º, aposentadoria, etc… Como médicos não têm direito algum garantido.

    • Mulholland
      jul 18 - 21:12

      Bo, acampeão!