Notícias

Mesmo com ajuda do governo, Panamericano tem prejuízo de R$ 262 milhões no trimestre

Mesmo com os 739,2 milhões de reais injetados no Panamericano após a venda de 35,54% do capital total da instituição para a Caixa Econômica, e a venda do capital restante ao BTG Pactual por 450 milhões, o banco fundado por Silvio Santos ainda amarga prejuízos milionários. Informações de Aline Bronzati para a Agência Estado:

SÃO PAULO – O Banco PanAmericano registrou prejuízo líquido de R$ 262,5 milhões no segundo trimestre de 2012, ante prejuízo de R$ 25,5 milhões em igual período do ano passado e contra lucro de R$ 2,9 milhões no primeiro trimestre do ano. A justificativa em relatório de resultados foi a decisão de não ceder direitos creditórios no período, enquanto nos três primeiros meses do ano foi cedido R$ 1,216 bilhão.

O prejuízo do Panamericano no período acima, disse o presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Fontes Hereda, acionista do Panamericano, por uma estratégia do banco de não vender carteiras. “Para o banco ganhar sustentabilidade, é necessário reter carteira”, explicou ele, em entrevista à imprensa.

O equilíbrio a ser feito, conforme Hereda, a partir de agora, é o aumento do crédito e a venda de carteiras. Segundo ele, a Caixa está otimista em relação ao desempenho do Panamericano. “O banco passou e está passando por uma reestruturação. Hoje, o Panamericano é outro”, disse Hereda, alegando ser natural a instituição apresentar prejuízo nesse período. “Mas essa não é a situação que nós desejamos”, acrescentou.

Íntegra aqui.

As notícias mais recentes publicadas no Implicante podem ser lidas em implicante.org/noticias.

Notícias Recentes

To Top