Notícias

Ministro Bezerra compra o MESMO terreno duas vezes e desmama o erário

Leiam trecho de reportagem da Folha, já voltamos:

Ministro da Integração é acusado de comprar terreno duas vezes – O ministro Fernando Bezerra Coelho (Integração Nacional) utilizou recursos públicos para comprar um mesmo terreno duas vezes, quando era prefeito de Petrolina (PE), informa reportagem de Catia Seabra e Felipe Seligman (…) A primeira compra ocorreu no final de seu primeiro mandato, em 1996, por R$ 90 mil. Na segunda, já em 2001, durante seu segundo mandato, pagou R$ 110 mil. Nas duas vezes, o dinheiro beneficiou o mesmo empresário, José Brandão Ramos, sob a mesma justificativa: transformar a área em um aterro sanitário (…) O ministro admitiu, por intermédio de sua assessoria, que o terreno foi comprado duas vezes pela Prefeitura de Petrolina (PE), mas afirmou que foi induzido a erro pela gestão do prefeito Guilherme Coelho, seu primo, que o sucedeu em 1997.” (grifos nossos)

Comentário:
Fernando Bezerra (PSB/PE) já mostrou que é FERA. Primeiro quando foi descoberto que destinou 90% das verbas antienchente para sua região eleitoral, Pernambuco, cujo governador Eduardo Campos vem a ser seu padrinho político. Depois, descobre-se que seu filho foi o maior beneficiário nas emendas de sua pasta – e em benefício de uma empresa pública presidida pelo IRMÃO DO MINISTRO.

Agora, mais uma: quando prefeito de Petrolina/PE, Bezerra comprou O MESMO TERRENO DUAS VEZES. E, para piorar (parece impossível, mas piora), o beneficiário é José Brandão Ramos. Somem todos os fatos e façam a pergunta a si próprios: COMO DIABOS UM CARA DESSES É NOMEADO? E POR QUE MOTIVO AINDA FICA?

E agora, para a “oposicinha”: vocês REALMENTE vão continuar bajulando Eduardo Campos? Não seria essa uma boa hora para ao menos PARECER que fazem uma verdadeira oposição? Afinal, SOBRETUDO DIANTE DESSAS CATASTRÓFICAS ENCHENTES, como é possível defender o padrinho político do ministro que liberou 90% da grana para seu próprio estado?

To Top