Notícias

“Namorado” de Rose diz que seu “sucesso” “machuca”

Informação do jornal O Estado de São Paulo:

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse na manhã desta quarta-feira (19), durante evento de posse da nova presidência do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, que os “ataques” que vem sofrendo nos últimos dias são fruto da mágoa de seus adversários pelo sucesso de sua liderança. “O que mais machuca os meus adversários é o meu sucesso”, afirmou o ex-presidente, em um discurso de 42 minutos.

No evento, Lula disse que compreende o “jogo” da oposição e que seus adversários não perceberam “a construção” promovida por ele em oito anos de mandato, como a ampliação do acesso a universidades e escolas técnicas pelo governo federal. Lula avisou também que a partir de 2013 voltará a viajar pelo País para ajudar a eleger mais governadores e mais prefeitos alinhados com seu projeto. “No ano que vem, para a alegria de muitos e a tristeza de outros, seguirei andando por este País”, afirmou.

O petista ainda mandou um recado para seus opositores. “Só existe uma possibilidade deles me derrotarem: é trabalhar mais do que eu. Mas se ficar um vagabundo em sala com ar condicionado falando mal de mim vai perder”, finalizou o ex-presidente para uma plateia de sindicalistas e militantes do PT e de movimentos sociais.

Leia mais aqui.

Não sabemos exatamente quem são os “machucados” pelo “sucesso” de Lula. Certamente não é a oposição, já que essa praticamente inexiste. Ontem, por exemplo, o ex-presidente Lula, alvo de acusações de envolvimento no mensalão, recebeu apoio de oito governadores. Entre os presentes no “desagravo” estava o governador “oposicionista” Teotônio Vilela Filho (PSDB-AL).

Sobre as “salas com ar-condicionado” frequentadas por “vagabundos”, só nos veio a mente esta imagem:

695676496

Gabinete da Presidência em São Paulo decorado por Rosemary Nóvoa de Noronha

Ilustra o sucesso do ex-presidente, sem dúvida alguma.

To Top