Notícias

Presidente do TSE em 2016, Gilmar Mendes alerta: dinheiro público pode ir para Caixa 2 também neste ano

Brasília, 18.11.2009 - O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes, durante sessão que retoma o julgamento do pedido de extradição do escritor italiano e ex-ativista político Cesare Battisti Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr

Além de presidir o Tribunal Superior Eleitoral em 2016, ele é Ministro do STF.

A ressalva de Gilmar Mendes surge no seguinte contexto: foram proibidas as doações de pessoas jurídicas privadas. Com a nova regra, empresas não poderão doar e, segundo o Ministro – que presidirá o TSE nestas próximas eleições -, há risco de Caixa 2 ou mesmo uma “forma disfarçada de Caixa 1”. Segundo ele, será um grande desafio para o Tribunal Superior Eleitoral.

De fato, proibir que empresas privadas doem para campanhas eleitorais é uma bobagem. O tipo de medida feita para APARENTAR justiça, mas o efeito provavelmente não será bom.

Gilmar Mendes - TSE

Aguardemos.

Notícias Recentes

To Top