Notícias

Se os nomes na lista de Janot virarem réus, só Cármen Lúcia poderá substituir Michel Temer

18.04.2012 - Presidente do TSE, ministra Carmem Lúcia. Foto: STJ.

Ela, inclusive, presidiria o país após uma eventual cassação da chapa Dilma/Temer

Os números assustam: foram 950 depoimentos, todos gravados em vídeo, tomados por
116 procuradores da República em 34 cidades. Tudo isso em uma semana, e sem qualquer vazamento. O resultado findou na segunda lista de Janot, com 320 pedidos ao STF a respeito da Lava Jato.

É curioso notar que a lista inclui Rodrigo Maia, presidente da Câmara, e Eunício Oliveira, presidente do Senado. Se viram réus, pela jurisprudência assumida no caso Renan Calheiros, não poderão assumir a linha sucessória de Michel Temer em caso de “falta” do Presidente da República. Com isso, só Cármen Lúcia estaria apta à missão.

O fato pode ainda findar mais importante do que se imagina. Caso a chapa Dilma/Temer venha a ser cassada, o Congresso precisaria convocar eleições indiretas para a escolha de um novo presidente. Neste intervalo, e neste contexto, o Brasil ficaria aos cuidados da presidente do STF.

Mas, desde já, o Implicante gostaria de lembrar que ela não curte ser chamada de “presidenta”.

Fonte: Estadão

Notícias Recentes

To Top