Implicante

/ Notícias

26 de novembro de 2011

Sindicalista ligado ao PT alertou Dilma sobre extorsão no Ministério do Trabalho há nove meses

white 15 Sindicalista ligado ao PT alertou Dilma sobre extorsão no Ministério do Trabalho há nove mesesKindle

Há alguns dias desmontamos a versão oficial gestada no Planalto, e comprada pela maioria da imprensa, de que a decisão de manter Carlos Lupi à frente do Ministério do Trabalho – a despeito de todo o imbróglio envolvendo o ministro – , era uma demonstração de força e independência de Dilma. Pela versão propalada pela assessoria oficial, a presidente estaria resistindo às pressões dos aliados de antecipar a reforma ministerial para ter tempo de escolher um substituto à altura dos desafios impostos pelo cargo. Hoje descobre-se que a coisa parece ser mais grave do que parece. Dilma não só estaria dando guarida a um ministro enrolado até o pescoço em denúncias de corrupção, como já sabia de outras denúncias igualmente graves envolvendo Carlos Lupi há quase 9 meses. E o que é pior, sem tomar nenhuma providência.

mi 601123477031391 Sindicalista ligado ao PT alertou Dilma sobre extorsão no Ministério do Trabalho há nove meses

Irmar Batista afirma ter informado Dilma sobre a extorsão no ministério

Leiam abaixo as informações publicadas no site de Veja. Voltamos logo abaixo:

Nas últimas semanas, o país conheceu a extensa lista de serviços prestados pelo ministro do Trabalho, Carlos Lupi – não aos brasileiros, mas ao seu partido, o PDT. A edição de VEJA que chega às bancas neste sábado acrescenta à relação mais uma traficância em curso na pasta: um esquema de extorsão envolvendo assessores de confiança do ministro que cobram propina para emitir o registro sindical. O governo foi alertado para o caso há nove meses por sindicalistas ligados ao PT, mas nada foi feito a respeito.

Quem relata o caso é o mecânico Irmar Silva Batista, que foi pego na engrenagem quando tentava criar o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Reparação de Veículos e Acessórios do Estado de São Paulo (Sirvesp). Em 2008, o então secretário de Relações do Trabalho, Luiz Antonio de Medeiros, o apresentou a um assessor, Eudes Carneiro, que lhe pediu 1 milhão de reais para liberar o registro. Irmar se recusou a pagar e o registro não saiu até hoje.

Em fevereiro deste ano, Irmar enviou por e-mail uma carta para a presidente Dilma Rousseff e para o secretário-geral da Presidência, Gilberto Carvalho. No documento, ele narra o caso e pede providências. O Palácio do Planalto acusou o recebimento da carta em 9 de março, mas na semana passada a assessoria de imprensa da Presidência informou que não foi possível fazer nada. Por motivos técnicos: o trecho que narrava a denúncia, estranhamente, teria chegado cortado na mensagem recebida. Ouvidos por VEJA, todos os citados por Irmar Batista negaram o pedido de propina.

Em entrevista à reportagem, Irmar Batista contou em detalhes o pedido de propina. Confira a seguir duas das respostas publicadas por VEJA:

O senhor foi achacado no Ministério do Trabalho? No fim de 2008, fui a Brasília reclamar da demora para registrar o sindicato. Procurei o Medeiros (Luiz Antonio de Medeiros, então secretário de Relação do Trabalho), que me levou a uma sala ao lado e disse: “O que o Eudes acertar, está acertado”. Então ficamos a sós com o Eudes Carneiro (assessor do ministério). Antes da reunião, o Eudes mandou a gente desligar os celulares. Sentamos à mesa e veio a proposta indecente: eles pediram 1 milhão de reais para liberar o registro do sindicato.

O senhor fala em esquema, o que sugere que seu caso não foi o único. Vários sindicatos foram extorquidos, mas o pessoal tem medo de aparecer. Há outros sindicatos que também foram vítimas disso que aceitaram pagar propina.

Link da notícia aqui.

Comentário:

O mais curioso nessa história foi a versão divulgada pelo Palácio do Planalto de que recebeu o e-mail contendo a denúncia, mas que a mensagem teria chegado incompleta. Tentando se eximir de responsabilidades o governo sinaliza que não tem controle nem sobre sua correspondência. Bom, a assessoria do Planalto teria que dizer alguma coisa, né?! E ninguém esperaria que fosse  uma confissão de culpa.

compartilhe

Tópicos ,

5 Comentários

  1. Thiago27 de novembro de 2011 às 23:09

    Cara, até os sindicalistas ligados ao PT estão denunciando… Sério, melhor fazer uma cartinha renunciando logo… faz outra eleição e deixa o país ter uma chance de ser um país de verdade!

  2. Pablo Vilarnovo26 de novembro de 2011 às 20:05

    Mandou carta para o Lula, para a Dilma, para a Advocacia da União. Porque não para a Polícia Federal ou o Ministério Público?

    • Exilado26 de novembro de 2011 às 20:11

      Bem, até onde sabemos, ele é ligado ao PT. Talvez acreditasse (ou acredite) na boa intenção dos comandantes de seu partido. Vai saber, né?

  3. Luiz Fernando26 de novembro de 2011 às 13:18

    Ouviremos muitos” sem comentários” por parte da PresiDanta e seus assessores.Esse caso é uma vergonha e Dilma e Gilberto Carvalho(sempre ele) são avalistas.Alguém(alô oposição) tem que acionar o MPF.E não foram os loiros de olhos azuis, as ‘zelites’ ou a mídia golpista quem fez a denuncia e sim um membro de sindicato ligado ao PT.Imaginem o que não foi denunciado ainda?

  4. Nélio26 de novembro de 2011 às 12:47

    A herança desse descalabro institucional onde está imersa a Nação (essa sim, uma herança maldita de peso para ninguém botar defeito…) é de Lula, o que o torna solidariamente responsável por este circo de horror. Mas a culpa direta é de Dilma, que abdicou voluntariamente do direito de nomear outorgado pelas urnas para aceitar indicações mal intencionadas. Não esperava eficiência em um ministério de 40(!!!) ministros, mas uma quadrilha de bandidos???!!! Agora compreendo porque ela pegou em armas contra o regime militar. Não estava pensando no país coisa nenhuma, muito menos foi por motivação ideológica, mas para conquistar para todos que possuam ética relativa o direito de ter um calhorda para chamar de seu… Respondam: quem anda com ladrão é… ladrão; e quem anda com corruptos?

Publicidade

Enquete

Quem você acha que Lula indicaria hoje para o STF?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
Publicidade