Implicante

/ Notícias

12 de abril de 2011

TCU confirma superfaturamento em cartilhas da gestão Lula

Kindle

Da Folha de São Paulo de hoje:

O Tribunal de Contas da União confirmou superfaturamento e pagamento por serviços fantasmas em contratos firmados pela Presidência para a impressão de 5 milhões de cartilhas de propaganda do governo Lula, entre 2003 e 2005.
O montante desviado, entre itens superfaturados e não entregues ao governo, segundo o TCU, é de cerca de R$ 10 milhões.
Foram aplicadas multas de R$ 2,6 milhões a gráficas, agências de publicidade e a parte do núcleo que comandava a área de comunicação do governo, então dirigida por Luiz Gushiken.
A decisão do TCU é do dia 29 de março. Agora, o acórdão e cópias do processo seguem à Procuradoria da República, que irá avaliar se houve improbidade administrativa e desvio de recursos.
A partir de 2003, a Secretaria de Comunicação de Governo adquiriu cartilhas para divulgar ações do governo. Normalmente, o material deveria ter sido entregue ao governo e depois distribuído.
Mas cerca de 1 milhão de cartilhas, segundo a Secom, teriam sido distribuídas aos diretórios do PT sem passar por controle oficial.

 

Comentário:

O TCU levou 5 ANOS! pra confirmar fraudes em contratos do governo Lula. Pra quem não lembra, esse foi o período em que estourou o escândalo do Mensalão, e Luiz Gushiken é um dos réus no processo que apura o caso no STF. Responde pelo crime de peculato, ou seja, desvio de dinheiro público. As informações do TCU provavelmente não entrarão no processo, mas poderão refletir na decisão dos magistrados.

O Implicante prepara uma cobertura especial sobre o maior escândalo de corrupção da história brasileira e acompanhará o processo até o julgamento previsto para o 2° semestre deste ano.

Tópicos

6 Comentários

  1. euniceoliveira15 de abril de 2011 às 20:03

    imaginem o tcu. dando essa notícia : com os mesmos pareceres mas com partido diferente… a primeira coisa que iria acontecer???? CPI .E MANCHETE EM TODOS OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO.MAS EU NÃO ESTOU ENTENDENDO MAIS NADA… ai fico á imaginar; será medo,será rabo preso,será que estão devendo até a alma para esse governo????graças á Deus temos (excessões).mas ninguem vai tirar meu direito de me indiguinar!!!!levaram 5 anos para revelar esse grande esforço!!!! pior, foram muinto bem pagos com o nosso dinheirinho suado.se fossem empregados da empresa privada, estavam todos no ôlho da rua,por justa causa…( falta de produtividade.) ISSO É CASO DE POLÍCIA!!!!!

  2. Hugo13 de abril de 2011 às 17:29

    Amigo, gostaria de pedir permissão para reproduzir matérias de seu site no meu blog (www.sobretudoblog.blogspot.com).

  3. Pedro Daltro12 de abril de 2011 às 11:20

    E nego deve ter queimado a mufa pra chegar nessa versão bizarra e auto-incriminatória!! E ainda levam o PT a sério…

  4. Pedro Daltro12 de abril de 2011 às 09:16

    o mais bizarro é a secom dizer que as cartilhas foram entregues ao diretório do PT… só isso seria suficiente para tornar o escândalo indefensável… mas o que tinha de gente defendendo o indefensável era, e ainda é, absurdo!

    • Exilado12 de abril de 2011 às 09:29

      A versão da Secom pra ausência das tais cartilhas foi essa. Justificaram uma infração: a não entrega do material, com outro crime mais grave que é o desvio de material oficial, financiado com dinheiro público, para um diretório de partido político.

Publicidade

Enquete

Escolha o nome do boneco inflável da manisfestação de 16/08:

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
Publicidade