Notícias

Temer nomeia ao TSE ministro que julgará sua própria chapa, e ele já foi advogado de Dilma

Por mais que seja, e é!, um ótimo jurista, o momento é complicado.

Foto: Ueslei Marcelino / Reuters

A prerrogativa de nomear integrantes das cortes mais altas é do Presidente da República. E costuma ser assim nos países de estrutura presidencialista, lembrando que os nomeados sempre passam por sabatina no Senado Federal.

E agora, diante desse estabelecimento constitucional, coube a Michel Temer nomear o novo integrante do TSE – que, agora, julga as contas de sua própria campanha.

Desse modo, nomeou Admar Gonzaga, que advogou para Dilma Rousseff na eleição de 2010 e agora julgará suas contas na de 2014.

Importante frisar que não se fala aqui na qualidade do jurista, por sinal acima de qualquer crítica. O problema é essa sistemática, sobretudo quando somada ao contexto de hoje, diante das peculiaridades todas.

Enfim, o Brasil definitivamente não é para principiantes.

Fonte: Veja

Mais Lidas

To Top