Implicante

/ Notícias

11 de julho de 2011

Trenzinho de custo bilionário não atrai interessados e leilão é cancelado

white 15 Trenzinho de custo bilionário não atrai interessados e leilão é canceladoKindle

train Trenzinho de custo bilionário não atrai interessados e leilão é cancelado

Mesmo garantindo o aporte majoritário na obra, cerca de 80% das despesas totais, o governo federal não conseguiu atrair investidores para o delírio triunfalista de Lula. Melhor assim; ao menos por enquanto, o governo não torrará quase R$40 bilhões na brincadeira. As informações são da agência Reuters (por Sérgio Spagnuolo e Leonardo Goy).

SÃO PAULO/BRASÍLIA (Reuters) – A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) confirmou que não houve apresentação de propostas pelo trem-bala nesta segunda-feira.

O período para apresentação de propostas previsto no edital era das 9h às 14h desta segunda na BM&FBovespa, em São Paulo. A abertura dos envelopes aconteceria no próximo dia 29. Jornalistas presentes na bolsa não viram nenhum representante de empresa ou consórcio apresentando oferta.

O governo tinha decidido manter o cronograma do leilão do trem-bala, que já foi adiado duas vezes, apesar de o Tribunal de Contas da União (TCU) ter solicitado na quarta-feira passada mudanças no edital do empreendimento.

Além das considerações do TCU, foram feitos três pedidos formais por nova postergação do leilão, entre eles um do chamado consórcio coreano, considerado o principal interessado na obra.

O leilão do trem-bala –obra que está no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC)– deveria ter ocorrido em dezembro passado. A licitação foi adiada para abril e depois para julho, com pedidos por mais tempo para analisar o projeto e formação de consórcios.

O trem-bala está orçado em cerca de 33 bilhões de reais pelo TCU, embora a iniciativa privada estime custo muito maior. O projeto enfrenta críticas da oposição e resistência até dentro do governo.

O diretor-geral ANTT, Bernardo Figueiredo, deve dar entrevista coletiva no final da tarde em Brasília sobre o trem-bala.

Link da notícia aqui.

 Comentário:

Em junho já havíamos noticiado o desinteresse pela obra. Pra saber mais detalhes, o link é este.

 

compartilhe

Tópicos

2 Comentários

  1. Ismael Pescarini12 de julho de 2011 às 16:31

    O que não temos, isto é, o que esse governo nunca fez, foi um planejamento responsável e integrado, com a relação de obras de infra estrutura fundamentais para o desenvolvimento do país. O PAC sempre foi – apenas -uma lista de obras em desenvolvimento, principalmente da Petrobrás, sem hierarquia regional ou de custos ou estratégica. Nada de ferrovias, nada de portos ou aeroportos, nem pontes, nem estradas, nem linhas de transmissão de energia, nem usinas, nem nada. Apenas um discursso marqueteiro vazio, ancorado em programas setoriais como minha-casa-minha-vida, que é, diga-se, um programa Keynesiano, classicamente anti recessivo.
    Ou seja, nestes últimos nove anos, em que estivemos, nós da oposicinha, indignados com o anti republicanismo e empenhados em defender a constituição e nossos direitos democráticos, conquistados a duras penas na luta contra a ditadura, dos ataques dessa súcia de bandidos, vulgo PT, NADA de objetivo pelo desenvolvimento nacional foi feito. Nenhuma reforma, nenhum plano.

  2. Airton Leitão11 de julho de 2011 às 17:32

    Repito aqui o comentário que fiz num outro blog. O único ‘trem bala’ que tem funcionado – e de vez em quando enguiça – é o do Vasco da Gama.

Publicidade

Enquete

Escolham os nomes dos dois mascotes olímpicos do Rio:

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
Publicidade