Notícias

Três são presos em operação que investiga desvios na Funasa

 

Na Folha Online:

“Três pessoas já foram presas na operação que investiga um suposto esquema de desvio de recursos da Funasa (Fundação Nacional de Saúde), que seriam usados no tratamento de saúde de povos indígenas do Amapá.

De acordo com as investigações da PF, os desvios chegaram a R$ 6 milhões de 2006 a 2008.

Na semana passada, Henry Willians Rizzard e Andréia Fernandes Gonçalves foram presos em Salvador (BA). Eles são sócios da AFG Consultores, uma empresa de consultoria ambiental. No sábado, os dois foram levados para Macapá.

Também foi preso Eli Soares Mendes, gestor da Apitu (Associação dos Povos Indígenas do Tumucumaque), ONG criada para promover ações em educação e saúde com índios.

Quatro pessoas foram denunciadas no caso pelo Ministério Público Federal.

De acordo com a denúncia da Procuradoria, parte dos valores acabou sendo destinada ao comitê do PMDB em Santana, município vizinho a Macapá.

Os mandados de prisão preventiva foram expedidos pela 1ª Vara Federal de Macapá.

A PF diz que 20 índios morreram no período por falta de assistência médica.

(…)”

Matéria completa aqui.

Comentário

Funasa, PMDB, Amapá

To Top