Implicante

/ PIG

31 de maio de 2012

Ministro do STF aciona PGR: grana pública nos “blogs progressistas”.

white 15 Ministro do STF aciona PGR: grana pública nos blogs progressistas.Kindle

nassifprog Ministro do STF aciona PGR: grana pública nos blogs progressistas.

A imprensa em geral tratou várias vezes de blogueiros que recebem dinheiro público – ou são contratados com ou sem licitação para o governo federal – e, na web, mantém determinada posição política. Tratamos disso algumas vezes, valendo destacar os textos acerca de Luis Nassif e Paulo Henrique Amorim (clique nos nominhos e leia, será bem útil – este também traz informações importantes).

O que há de novo? Pois bem: Gilmar Mendes, Ministro do STF, entrará com ação na Procuradoria Geral da República para saber mais sobre isso. Ele vem sendo atacado por uma parcela da blogosfera e, de forma legítima, quer saber se há dinheiro público por trás disso e, mais ainda, quem e quanto receberam. E a PGR decidirá a legalidade dessa natureza de pagamento.

PREVISIVELMENTE, alguns dirão que isso vai contra a liberdade de expressão, tal e coisa. Bobagem. Ninguém é proibido de exprimir-se, o que se questiona – com motivação óbvia – é o uso de dinheiro público, o montante empregado e, PRINCIPALMENTE, a natureza político-partidária dos posts e comentários predominantes em determinados espaços. Defender ou atacar o governo ou pessoas públicas é absolutamente legítimo; ser pago com grana pública para isso é que complica o meio de campo.

Fonte: blog Rádio do Moreno.

compartilhe

Tópicos , ,

5 Comentários

  1. Mr. Mendancious2 de junho de 2012 às 00:01

    Viva os blogs sujos , os melhor sites da Web. Não censura nem contradiz nossos comentários. Viva Luis Nassif, Paulo Henrique Amorim, Mino Carta, Luiz Azenha e Leonardo Attuch, os jornalistas mais honestos e independentes da mídia governista.

    Mas eu gostaria de saber o porquê só empresas estatais patrocinam os sujos? Por que as empresas privadas sérias não fazem isso?

    Por que A Coca cola, Natura, Avon, Microsoft, Cisco e IBM não vão postar coisas no Nassif? Essa foto está fantástica…Ela diz TUDO!

  2. Roberto1 de junho de 2012 às 08:02

    Ah como eu queria que minhas dívidas também fossem perd… errr (não pode falar isso, né?), “negociadas” nas mesmas bases. Mas acho que eu não teria estômago para jogar no lixo tudo o que eu pensava num passado nem tão remoto assim. Não na minha idade.

  3. Gil Rocha1 de junho de 2012 às 01:28

    Já estava mais do que na hora de
    alguém tomar providência.
    A conversa de que isso é contra a
    liberdade de expressão é lorota.
    O problema é nitidamente blogs patrocinados
    por Estatais.
    Particularmente, eu já acho que o governo faz
    marketing em demasia.
    Qual a necessidade de patrocinar blogs na internet?
    Nenhuma, a não ser elogiar o governo e malhar a oposição.
    Praticamente todas as estatais tem seus sites e algumas
    tem seus próprios blogs.
    Em blogs patrocinados não existe o contraponto, em
    nenhum você pode dar opinião contrária.
    Eu até alguns dias atrás, comentava no blog Viomundo do
    Luiz Carlos Azenha.
    Os absurdos que se lê por lá, postados pelos comentaristas
    é na mesma toada do restante dos blogs progressistas.
    A diferença é que o blog, permite comentários contrários e de
    contraponto.
    Apesar de ter sido ofendido várias vezes, com a anuência dos
    responsáveis pelo blog, nunca fui desrespeitoso com ninguém.
    Fazia meus comentários contrários, com educação e geralmente
    desmontava as teses malucas da maioria e alguns posts do próprio
    blog, nitidamente enganosos.
    Pois bem, talvez o meu excesso de educação ou minhas opiniões
    contrárias, não foram bem vistas.
    Fui devidamente bloqueado.
    Hoje visivelmente não tem patrocínio de estatal, mas quando comecei
    tinha.
    E não podemos esquecer do tal Encontro Nacional de Blogueiros Progressistas
    (BlogProg), devidamente patrocinado por estatais também.
    Blogs todos podem ter, mas que sustentem suas ideias e preferências sem ajuda
    do governo.

  4. João 77BM31 de maio de 2012 às 22:54

    Tem mais: havendo calúnia, não há liberdade de expressão. Trata-se de crime.

  5. João 77BM31 de maio de 2012 às 22:52

    Pau nesses bananas, puxa-sacos!

Publicidade

Enquete

Quem você acha que Lula indicaria hoje para o STF?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
Publicidade