Implicante

/ PIG

11 de maio de 2012

Eleições paulistanas: a imprensa e a “torcida” por Haddad

white 15 Eleições paulistanas: a imprensa e a “torcida” por HaddadKindle

torcida Eleições paulistanas: a imprensa e a “torcida” por Haddad

Saiu nova pesquisa do IBOPE com os dados de intenção de voto para Prefeito de São Paulo. José Serra lidera, com 31%, seguido de Celso Russomano, 16%. Depois, Netinho de Paula com 8% e Soninha com 7%. Chatlita vem em quinto, com 6% das intenções e em sétimo está Paulino da Força, com 5%.

Haddad, com 3% das intenções de voto, é o oitavo.

A imprensa, porém, faz propaganda para o candidato petista desde sempre, e agora com a pesquisa ainda mais, propondo um “embate” que, na prática, ainda não existe. Fernando Rodrigues e José Roberto Toledo batem numa tecla ainda abstrata. E não são os únicos.

Sim, PT e PSDB são os maiores partidos e TENDERIAM a realizar um embate mais polarizado na cidade de São Paulo. Ocorre que, ao menos agora, isso não acontece. Haddad pode crescer? Sim, claro, mas AINDA NÃO CRESCEU. Tratam como NOTÍCIA uma mera “expectativa de fato”.

Russomano, por exemplo, tem MAIS DE CINCO VEZES a intenção de voto do petista. Chalita, que é o sexto colocado, tem o dobro. Como diabos esses dois – sem falar no desprezo dedicado a Netinho e Soninha – seriam a “terceira” via? Alguém que tenha 500% A MAIS de intenção votos é “opção” ao que está lá atrás?

Se e quando Haddad crescer, aí sim faz sentido falar nisso. Por enquanto, não há o embate tão sonhado e evidentemente torcido por parte da imprensa. Analistas de pesquisa começam a torturar números, mas estes, resistentes à realidade, nem assim confessam o que desejam seus torturadores.

E ainda por cima a imprensa simplesmente NÃO PERGUNTA NADA para Haddad acerca da péssima gestão no MEC. Não falam de ENEM, não indagam sobre os vários vôos realizados com a família e assim por diante. Para além da blindagem, há verdadeira PROMOÇÃO.

Uma dica: façam jornalismo, tragam fatos e, uma vez que estes são expostos, trabalhem em cima deles, não os distorcendo de forma teratológica. Tá pegando mal. Sério.

compartilhe

Tópicos , ,

8 Comentários

  1. Airton19 de maio de 2012 às 21:45

    alexandre: e qual foi a função da Dilma dar o ministério da pesca ( que nem deveria existir ) a um senador que entende tanto de pesca quanto eu ?
    Qual é a função do Chalita na eleição ?

  2. José Carlos18 de maio de 2012 às 19:12

    Tucaninhos surfistas!!! Bhaaaaaaaaaa!!!

  3. celia maria15 de maio de 2012 às 18:45

    SÃO PAULO NÃO VAI SE CURVAR AO PT. SERÁ QUE ESSE POVO É CEGO E SURDO?
    NÃO VÊ QUE MENSALEIROS SÃO TODOS DO PT OU COLIGADOS E AINDA QUEREM ESSE TIPO DE GENTE GOVERNANDO UM PAÍS????
    POR FAVOR BURRICE TEM LIMITES.

  4. razumikhin13 de maio de 2012 às 18:58

    Netinho? Ih.. a campanha vai ser violenta: tapas e socos para todos os lados..

  5. Douglas Correa12 de maio de 2012 às 12:39

    Quando da divulgação da pesquisa fizeram questão de citar o indice de rejeição de Serra – 31% SIM/35%NÃO – e o lider que é Netinho – 38% .
    Porem não citam os indices de rejeição de Chalita e Haddad – que são proporcionalmente muito maiores .
    Obviamente que não se espera que as pessoas consigam se isentar em 100% de suas preferencias , mas o minimo que espera é não se distorça a realidade em favor de sua causa . Ainda mais quando a base são numeros que refletem essa realidade .

  6. maria saparowa12 de maio de 2012 às 03:19

    Vai ver os jornalistas de Sunpaulo viraram religiosos e estão pondo em prática aquela máxima de Jesus(?):os últimos serão os primeiros! Nunca antes nestepaís a imprensa se curvou tanto a um partido.

  7. alexandre11 de maio de 2012 às 19:46

    A função da Soninha na eleição é bater no Haddad e no Chalita. O Serra fica falando sobre os temas municipais e a Soninha faz o “trabalho sujo”.

    (Gravz: Por enquanto, quem exerce a ~função agressiva~ é Chalita. E naquelas de agredir para depois dizer que é contra agressão. Patético. Mas, ainda assim, temos Russomano, Paulinho da Força, Netinho… Nossa análise política é fraca ou faz torcida)

  8. bedot11 de maio de 2012 às 19:23

    Também notei a forma como essas figuras (as de sempre, né?) noticiaram a pesquisa. Mas não são só eles. Mesmo os jornais sérios caem nessa armadilha de forjar um embate que ainda se mostra falso, quase que “determinando” que aquele a polarizar com Serra tem que ser o Haddad. O Globo fez isso, a Folha fez isso e acredito que o Estadão também tenha feito. É um serviço involuntário (na hipótese benevolente) de favorecimento ao PT e uma tremenda injustiça com as outras – atenção para o número – SEIS (!!) candidaturas que estão à frente do Haddad, todas legitimamente constituídas, mas já de antemão descartadas pela imprensa. Como se vê, vai dar um senhor trabalho para livrar as redações do subconsciente petralhístico.

Publicidade
Publicidade