Ponto de Vista

Caos venezuelano: a ditadura socialista já expropriou até padarias

Da incapacidade de resolver os problemas econômica, o ditador Maduro segue culpando e prendendo empresários

O Brasil conheceu a origem dessa conversa fiada ainda no plano Cruzado, nos anos 1980: com o congelamento de preço forçado pelo governo Sarney, produtos começaram a faltar nas prateleiras. Pela lógica de mercado: como a população teve aumento de salários, comprou mais do que produziam; como aquela produção teve custos aumentados, afinal, era feita por assalariados, não conseguiam repor o estoque vendendo tudo ao mesmo preço.

O que fez a esquerda na época? Culpou os empresários alegando que escondiam produtos para que o preço subisse.

Sorte do Brasil que logo aquelas medidas foram para o saco. E que a inflação seria contornada na década seguinte por gente que de fato entende de economia.

A mesma sorte não está tendo o povo venezuelano. Lá, o governo impôs há anos o congelamento de preços. Como os produtores não conseguem repor as mercadorias, falta produto no mercado. E o que faz a ditadura socialista? Prende empresários e expropria suas fábricas. No caso mais recente, até duas padarias foram vítimas da insanidade socialista.

Essa é mais uma prova de que o socialismo não é um experimento que ocasionalmente dá errado. É um experimento que dá errado.

Fonte: O Globo

Notícias Recentes

To Top