Ponto de Vista

Segundo a Odebrecht, o PT recebeu R$ 35 milhões para comprar aliados na reeleição de Dilma

Porto Alegre, 06.07.2010 - Dilma Rousseff. Foto: Wilson Dias.

De acordo com a delação assinada com a Lava Jato, os partidos comprados foram: Pros, PCdoB, PRB, PDT e PP

Você deve lembrar, os programas eleitorais de Dilma Rousseff em 2014 eram gigantescos. Diariamente, consumiam 11 minutos e 24 segundos, quase o triplo do segundo colocado, Aécio Neves. Pela lei, a petista tinha esse direito, afinal, possuía 9 grandes partidos numa única coligação. Segundo a Odebrecht, contudo, mais da metade deles foi comprada por R$ 7 milhões cada.

Os detalhes foram dados em acordo de delação premiada assinado com a Lava Jato. Ao todo foram R$ 35 milhões investidos na compra do apoio do Pros, PCdoB, PRB, PDT e PP. Com isso, Dilma conseguiu 2 minutos e 29 segundos a mais de programa na TV todos os dias.

Seria essa a presidente que o petismo alega ter sido afastada injustamente do cargo.

O acordo já foi homologado. O TSE precisa se pronunciar sobre isso o quanto antes.

Fonte: Veja

To Top