Ponto de Vista

Em um único dia, a Odebrecht distribuiu mais de 20 vezes a grana que coube nessa foto

Tudo em dinheiro vivo, como propina ou caixa dois

Para dar a dimensão da grana que jorrava dos cofres da Odebrecht para o caixa dois de campanha eleitorais, Fernando Migliaccio confessou ao TSE que, em um único dia, a empresa chegou a distribuir 35 milhões de reais. Um detalhe é importante: em dinheiro vivo.

Para se ter uma noção da dificuldade de vagar por aí com valores tão altos, o Implicante convida o leitor a conferir a imagem mais acima. Trata-se da clássica grana apreendida com os “aloprados do PT”. O escândalo veio a público na véspera da campanha de 2006. Toda essa pilha de cédulas de reais soma “apenas” R$ 1,7 milhão. Ou seja… A Odebrecht chegou a distribuir em um único dia volume de dinheiro mais de vinte vezes maior.

No depoimento, o ex-executivo da empreiteira não chegou a precisar a data ou os beneficiados com a propina. Mas que tudo teria sido “pulverizado” entre várias pessoas.

Fonte: Estadão

To Top