Ponto de Vista

Mais legado de Dilma e do PT: rombo na previdência estadual e federal soma R$ 316,5 bilhões

O crescimento foi de assombrosos 44,4%

Muito se fala em rombo da previdência, que ele seria assustador, mas os valores eram sempre nebulosos. Não são mais. O Ministério do Planejamento. Ao menos para a União e os Estados. E, sim, é mesmo horripilante: R$ 316,5 bilhões para o ano de 2016, um aumento de 44,4% em relação a 2015.

O crescimento vertiginoso explica-se pelo aumento do desemprego, pior legado de Dilma Rousseff ao Brasil. Com menos gente trabalhando, há menos gente ajudando a manter a previdência social.

Nesses âmbitos (federal e estadual), há um aposentado para cada trabalhador ativo, o que é péssimo. A previdência só respira nos municípios, onde há quatro trabalhadores para cada aposentado.

É uma situação gravíssima. Que precisa ser encarada por todos os brasileiros.

Fonte: Estadão

To Top