Ponto de Vista

Marcelo Odebrecht, sobre o governo Dilma: “Eu era o otário do governo, o bobo da corte”

08.10.2013 - Marcelo Odebrecht. Foto: Worldsteel.

Empreiteiro confessou à Lava Jato sentir-se obrigado a bancar projetos e campanhas petistas nas quais não acreditava

Brasília segue atuando como pode para manter em sigilo tudo o que a Odebrecht vem entregando sobre os governos Lula, Dilma Rousseff e, de certa forma, Michel Temer. Mas vez em quando a imprensa descobre algo relevante. O recente depoimentos de Marcelo Odebrecht, por exemplo, traz a sua fala mais dura contra o que viveu durante os governos petistas.

Segundo o Estadão, em dado momento, o empreiteiro permitiu-se um desabafo daqueles:

“Eu não era o dono do governo, eu era o otário do governo. Eu era o bobo da corte do governo.”

O descontentamento nasceu da pressão sofrida para bancar projetos nos quais não acreditava, ou mesmo na propina que tinha que pagar para bancar campanhas eleitorais via caixa 2. Sim, a campanha de Dilma Rousseff é uma delas.

O governo Temer preocupa-se com isso, claro, pois trata-se da mesma campanha que rendeu votos a Michel Temer na condição de vice. A depender da velocidade do TSE, o Brasil pode ver um segundo presidente cair ainda nesta década.

Fonte: Estadão

Mais Lidas

To Top