Ponto de Vista

Mortes no trânsito de São Paulo caíram 26% em janeiro de 2017

Mas o teste de fogo para São Paulo será o mês de fevereiro

Em janeiro de 2016, o trânsito de São Paulo registrou 81 mortes. Um ano se passou, Fernando Haddad entregou o cargo para João Doria, que de cara buscou cumprir uma das principais promessas de campanha: alterar para mais os limites de velocidade da capital, algo que vinha sendo bastante criticado da gestão anterior. O ajuste só foi realizado no dia 25 de janeiro, o que impede que a comparação seja ideal. Mas a notícia é boa.

Porque, apesar de a esquerda denunciar que o total de mortes no trânsito findaria ampliado, janeiro de 2017 concluiu-se com 60 óbitos, uma queda de 26%.

A prova de fogo será fevereiro, quando os novos limites serão confrontados por igual período do ano anterior.

O Implicante, claro, torce para que surtam efeito. Afinal, há vidas em jogo.

Fonte: Estadão

Mais Lidas

To Top