Ponto de Vista

Ditadura até demais: Venezuela prendeu jornalistas brasileiros que investigavam a Odebrecht

Isso tem um nome muito claro: censura

Aqui e ali ainda é possível encontrar esquerdistas que, no Brasil, reneguem o status de ditadura à Venezuela. O fato que fechou a semana passada, contudo, foi emblemático demais, para não deixar dúvidas.

Leandro Stoliar e Gilson Souza, repórteres da TV Record, foram à nação bolivariana para investigar denúncias de corrupção envolvendo a Odebrecht e autoridades locais. Mas, no sábado, foram presos pelo Serviço Bolivariano de Inteligência Nacional (Sebin). Um dia depois, graças a esforços diplomáticos do governo Temer, foram soltos e enviados de volta ao Brasil. Mas todo o equipamento e o material produzido pela equipe ficaram detidos na Venezuela.

O nome disso, não tenham dúvida, é censura. E praticado pela forma mais clássica de ditadura. Algo típico do socialismo que Hugo Chávez e Nicolás Maduro tentaram emular. E que ainda é tão defendido por “intelectuais” brasileiros.

Fonte: Veja

Mais Lidas

To Top