Ponto de Vista

Proporcionalmente, morrem mais PMs no Rio do que soldados americanos nas guerras mundiais

Eis o lado que os representantes dos direitos humanos ignoram

Entre 1994 e 2016, para cada 100 policiais militares que atuaram no Rio de Janeiro, quase quatro foram mortos. Proporcionalmente, é um número mais grave que as baixas americanas na primeira e segunda guerra mundial. Ao todo, as vidas de 3 mil seres humanos se foram no período.

O número de feridos é ainda mais assustador: 14.452. Na soma, essa foi a realidade de um em cada cinco PMs nesses 22 anos de levantamento.

É grave! É gravíssimo! Exige a atenção de todas as autoridades envolvidas. Principalmente aquelas que dizem defender os direitos humanos.

Afinal, policiais também são humanos.

Mais Lidas

To Top