Ponto de Vista

Teori Zavascki morreu semanas antes de liberar o sigilo de quase mil delações da Odebrecht

Teori Zavascki. Foto: STJ

Esse tem que ser o acidente melhor investigado da história do país

A morte de Teori Zavascki foi confirmada pelo filho dele no Facebook. O ministro STF comandava a Lava Jato em Brasília, com as autoridades que tinham foro privilegiado. Ou seja… Os políticos que ainda preenchiam algum cargo público.

Conforme publicado pelo Diário do Poder dois dias antes da morte do ministro, no início de fevereiro ele liberaria o sigilo de quase mil delações assinadas pela Odebrecht com a operação Lava Jato.

É uma coincidência tão sinistra que o brasileiro não pode aceitar tão facilmente que tudo foi uma fatalidade. É preciso cobrar uma investigação séria e transparente como este país jamais viu. Se possível, com observadores internacionais.

Conforme já publicado mais cedo aqui no Implicante, em 2016, o filho de Teori alertou que algo de estranho poderia ocorrer com a família dele por o pai estar à frente da Lava Jato.

Notícias Recentes

To Top