Blog

Aldo Rebelo: “Quem fraudou contrabando de madeira foi o marido de Marina”


[one_fourth]

INSCREVA-SE
 O PT na História Brasileira   inscreva se

[/one_fourth]

[three_fourth_last]

Descrição

Após ser informado que Marina Silva (PV-AC) afirmara em seu Twitter que o texto do novo Código Florestal havia sido adulterado, Aldo Rebelo (PCdoB-SP) – relator do projeto – foi ao plenário da Câmara e disparou: “Quem fraudou contrabando de madeira foi o marido de Marina Silva”.

O deputado Aldo Rebelo afirmou ainda que, quando líder do governo na Câmara, foi procurado por Marina para convencer outros deputados a não convocar o marido, Fábio Vaz de Lima, a prestar esclarecimentos no Congresso sobre denúncia de crime ambiental. Em outras palavras, ao se defender das acusações de fraude, Aldo acabou assumindo outro crime: o de prevaricação.[/three_fourth_last]

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

9 Comentários

9 Comments

  1. Andrea

    20 de junho de 2011 at 08:35

    “Quem fraudou contrabando de madeira foi o marido de Marina Silva”.
    A declaração dele parou por aí ou continuou? Se ele continuou escreva o que ele disse se não, a pessoa que escreveu este texto tá cometendo crime também, meu chapa. O de calúnia e difamação, porque o Aldo Rebelo não disse que concordou e atendeu Marina em seu pedido para não convocar o marido dela p/ prestar esclarecimentos .

    “…foi procurado por Marina para convencer outros deputados a não convocar o marido, Fábio Vaz de Lima, a prestar esclarecimentos no Congresso sobre denúncia de crime ambiental.”

    (Gravz: Até o título está com aspas. Preste atenção antes de imputar aos outros crime contra a honra. Abs)

  2. Armando

    9 de junho de 2011 at 10:13

    Esse Aldo é um tremendo 171 – rsrsrs… Jogou um “COLAR COLOU” pra cima da coitada da Marina. Não é defendndo ela não mas pra ser sincero e sensato, eu duvido ter havido qualquer fraude que incrimine essa mulher.

  3. Marco AGJ

    21 de maio de 2011 at 01:25

    Fábio, ele não cometeu um erro, ele cometeu um crime. Aqui no Brasil é fácil achar que cidadãos cometem crimes e políticos cometem erros. Não é bem assim, ele deve pagar sim pelo que fez e não apenas ser absolvido por ser um ato “grandioso”.

  4. Antonio Vieira do Nascimento

    17 de maio de 2011 at 19:23

    Se o Sr. Aldo Rebelo na qualidade de líder do governo ao defendeu e evitar o depoimento do marida de Marina Silva realmente cometeu crime de prevaricação, previsto no art. 319 do Código Penal.

  5. Marcello

    13 de maio de 2011 at 11:31

    No congresso e no senado, todo mundo tem um “dossiê” da sujeira do outro.

    O Aldo Rabelo confessou que ajudou a segurar uma investigação apenas porque a base do governo havia pedido. Não interessou para ele, na época, querer saber se o marido da Marina, Ministra do meio ambiente da época, tinha ou não feito uma maracutaia.
    Interessou protegê-lo por interesses políticos. Talves até financeiros.
    Agora, quando ele é atacado, injustamente diga-se, responde falando da sujeira que empurrou para debaixo do tapete no passado.
    É o sujo falando do mal lavado. (é esse mesmo o ditado não ?)
    Apoio o novo código florestal. Apoio o Aldo Rabelo nessa questão.
    Mas o cara não é grande coisa também não. Aliás, alguém lá vale o que custa ??

  6. Linda

    12 de maio de 2011 at 20:43

    E afinal, o cara foi lá e desmatou?
    Eu entendi que ele estava a fim de usar madeira apreendida em favor de uma ong… ou não sei ler?
    Vai que a madeira foi apreendida enquanto era árvore!

    (Exilado: Crime não é só desmatar Linda. Contrabando também é. Não estou dizendo que é necessariamente o caso, mas o TCU suspeitou disso, apontou várias irregularidades e condenou a transação https://bit.ly/d7qYA2 )

  7. Linda

    12 de maio de 2011 at 20:42

    Engraçado! Só porque falou a verdade, merece aplausos?
    As prisões estão cheias de criminosos confessos, nem por isso merecem aplausos. Ou merecem e eu estou por fora???????????????

  8. Fabio Girardi

    12 de maio de 2011 at 17:44

    melhor se arrepender e depois contar a verdade do que morrer com ela.
    Ponto pra Aldo, todos cometemos erros, revê-los é grandioso.
    E se foi por oportunismo, essa verdade que agora vem a tona fará bem muito bem ao Brasil.

  9. Alexandre Portugal Penna

    12 de maio de 2011 at 12:00

    Como é possível!? Admite ter cometido uma falta grave no exercício do cargo e ainda é aclamado? Como confiar em pessoas que não tem o mínimo de vergonha?

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top