Blog

Análise: soltura de José Dirceu fortalece ainda mais os candidatos “anti-política” para 2018

A indignação é geral.

Foto: Leandro Taques/AE

A decisão do STF de acatar o habeas corpus de José Dirceu tem como resultado prático um grande otimismo por parte da classe política. Afinal, a corte mudou o entendimento sobre prisões preventivas e, desse modo, muitos respirarão aliviados, independentemente do partido.

Mas no povo, por óbvio, a reação é oposta. Indignação extremada, fazendo com que a velha política e seus ícones “tradicionais” sejam ainda mais repudiados. Desse modo, o clima já suficientemente disseminado passa a ficar ainda mais intenso.

Quanto aos políticos, o alívio inicial dará vez ao desespero eleitoral, mas eles são antes de tudo animais de matilha e, desta feita, priorizam a sobrevivência. Só depois dela é que traçariam e traçarão qualquer plano de prazo maior. Portanto, sabem dos riscos para 2018, mas antes isso do que serem presos.

E o caminho, que já estava aberto, agora escancara-se como avenida aos “outsiders”.

Quem tiver o discurso mais eficiente nesse sentido, contrariando a “velha política” e batendo em todo o sistema, podem apostar, terá mais chances. Se de fato começar a onda de solturas e contestações das prisões preventivas, a avenida escancarada se tornará uma rodovia gigantesca.

Um candidato fora disso, e também contra isso, nadará de braçadas na opinião pública.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

To Top