facebook
...
Blog

As regalias dos mensaleiros na Papuda

Enquanto Genoino aguardava 5 meses em prisão domiciliar para ser enviado de volta ao presídio, Dirceu assistia a jogos da Champions League em uma TV de plasma dentro da própria cela.

dirceu_aurevoir

No último dia 29 de abril, a Folha de S.Paulo divulgou um vídeo no qual José Dirceu reclama do regime fechado ao qual é submetido, uma vez que ainda não teve autorização para trabalhar – o pedido não precisa ser obrigatoriamente aceito. No entanto, no mesmo dia dessa divulgação, foi veiculada outra notícia afirmando que o mensaleiro teria assistido à semifinal da Liga dos Campeões da Europa no presídio.

Nesta terça-feira, uma comissão de deputados federais de diferentes partidos fez uma visita ao mais influente detento da Penitenciária da Papuda, no Distrito Federal, o ex-ministro José Dirceu. O objetivo do grupo, formado majoritariamente por aliados do petista, era tentar atestar que o petista não detém regalias na cadeia e pressionar a Justiça a liberá-lo para trabalhar fora da Papuda durante o dia. Mas não foi o que ocorreu. Ao chegar ao presídio, os parlamentares encontraram o detento 95.413 em uma cela privilegiada, eufórico diante de uma televisão de plasma que exibia a vitória do Real Madrid sobre o Bayern de Munique pela Liga dos Campeões da Europa.

De acordo com os deputados Arnaldo Jordy (PPS-PA), o ex-deputado vive em condições claramente diferenciadas.

A cela do petista é a maior do complexo, equipada com micro-ondas, chuveiro quente, televisão e uma cama diferente das demais. Dirceu foi colocado em um espaço de 23 m² no Centro de Internamento e Reeducação (CIR), cujas celas têm padrão de 15 m² e reúnem até quatro detentos. O local servia de cantina, mas passou por uma reforma para receber o ex-ministro.

Já não é a primeira vez que Dirceu é acusado de ter privilégios, mas ele não é o único. José Genoino, condenado em regime semiaberto, está desde novembro cumprindo prisão domiciliar após alegar problemas de saúde – mesmo que laudos atestassem que ele não é portador de cardiopatia grave. Agora, mais de cinco meses depois, um novo laudo, elaborado por uma junta da UnB (Universidade de Brasília), apontou mais uma vez que o quadro não é grave.

Segundo o documento, contata-se “a persistência de condições clínicas caracterizadas como não graves e o definido sucesso corretivo curativo da condição cirúrgica do paciente”, em referência à cirurgia cardíaca de correção da aorta, principal artéria do corpo humano, pela qual Genoino passou em 2013.

Embora o irmão do ex-deputado siga afirmando o contrário, Joaquim Barbosa, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), solicitou o retorno dele ao regime semiaberto.

Ainda hoje, o ex-presidente do PT deverá ser notificado por um oficial de justiça sobre a decisão de Barbosa. Depois disso, ele tem 24 horas para se apresentar à polícia. Caso não se apresente nesse prazo, ele passa à condição de foragido e, só então, a PF (Polícia Federal) entra em ação para encontrá-lo.

Lula, em entrevista recente a uma emissora de TV portuguesa, disse que os mensaleiros presos não são de sua confiança, e afirmou ainda não acreditar no mensalão, creditando o seu resultado a uma decisão 80% política e 20% jurídica. Mesmo se desconsiderando que Dirceu e Genoino eram os chefe da Casa Civil e presidente do PT quando do mandato de Lula, as facilidades que ambos encontram quando do cumprimento de suas penas fazem crer que, se houve de fato uma porcentagem política, ela agiu na verdade de forma a beneficiá-los.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Recentes

To Top